Programação

Todas as atividades do Congresso decorrerão nos dias 24 e 25 de outubro de 2012, no Anfiteatro da Parada da Beira Interior e no Auditório da Biblioteca Central (Pólo I), à exceção da Exposição coletiva de Pintura de Renato Rodyner e de Manuela Jardim, que será inaugurada a 24 de outubro de 2012 no Museu de Lanifícios (Edifício Real Fábrica Veiga) e que estará patente até meados de novembro de 2012.

O Programa do 1º Congresso Internacional Portugal-Brasil-África: relações históricas, literárias e cinematográficas desdobra-se em dois tipos de participações: doze convidados de honra e vinte e quatro palestrantes com comunicação anteriormente sujeita a arbitragem científica. Confirma-se a presença dos seguintes convidados de honra:

  • Arnaldo Saraiva (Ensaísta, especialista em Literatura Brasileira; Portugal)
  • José Eduardo Agualusa (Escritor; Angola)
  • Gilberto Mendonça Teles (Escritor; Brasil)
  • Germano Almeida (Escritor; Cabo Verde)
  • Margarida Cardoso (Cineasta; Portugal)
  • Elvira Mea (Historiadora; Portugal)
  • Alberto da Silva (Especialista em cinema; Brasil/Universidade de Rennes)
  • Paulina Chiziane (Escritora, Moçambique)
  • António dos Santos Pereira (Historiador; Portugal)
  • Manuel da Silva Ramos (Escritor; Portugal)
  • Renato Rodyner (Artista plástico; Brasil)
  • Manuela Jardim (Artista plástico; Guiné-Bissau)

No dia 24 de outubro, será inaugurada a Exposição coletiva de Pintura de Renato Rodyner e de Manuela Jardim e, depois do jantar, prosseguem os trabalhos com uma «Noite de Cinema», com a exibição de uma longa-metragem portuguesa na presença da realizadora Margarida Cardoso, e com prévia apresentação por Ana Catarina Pereira.


Programa completo

(Anfiteatro da Parada e Auditório da Biblioteca Central)
Universidade da Beira Interior, 24 e 25 de outubro de 2012

 

24 de outubro

 

9.30h – Sessão de abertura (Anfiteatro da Parada)
Magnífico Reitor da UBI
Presidente da Faculdade de Artes e Letras
Presidente do Departamento de Letras
Presidente da Comissão Organizadora do Congresso Internacional Portugal-Brasil-África

10.00h – Palestra inaugural: Arnaldo Saraiva (FLUP), «João Cabral de Mello Neto no Porto: memórias de um seu vizinho, amigo e admirador»

10.30h – Gilberto Mendonça Teles (Brasil), «Atualizações do mito camoniano nas literaturas de língua portuguesa»

11.00h – Debate

11.20h – Pausa para café

11.30h-12.30h - Sessões paralelas (Anfiteatro da Parada)

11.30h – Sueli Liebig (UEPB), «O errante guesa de Sousândrade: grito ancestral do futuro»

11.45h – Suênio Silva (UFPB), «A imagem do outro em Quarto de despejo, de Carolina Maria de Jesus»

12.00h – Kamila Krakowska (FLUC), «As viagens pós-coloniais de Macunaíma»

12.15h – Debate

11.30h-12.30h - Sessões paralelas (Auditório da Biblioteca Central)

11.30h – Sandra Morais (UBI), «Representações femininas em Ressurreição, de Machado de Assis, e O crime do padre Amaro, de Eça de Queirós»

11.45h – Susana Pimenta (UTAD), «O Outro nas relações interculturais em Terra morta, de Castro Soromenho»

12.00h – Sérgio Paulo Adolfo (UE de Londrina), «Os Orixás iorubanos na literatura brasileira»

12.15h – Debate

12.30h – Almoço

14.00h – Elvira Mea (FLUP/CEAUP), «Discrepâncias do Humanismo português»

14.30h – Germano Almeida (Cabo Verde), «O Brasil na história de Cabo Verde»

15.00h – Debate

15.20h-16.40h - Sessões paralelas (Anfiteatro da Parada)

15.20h – Luís Madeira (UBI), «Tradução precisa-se! “Accountability”, um vocábulo ausente dos léxicos do português»

15.35h – Carla Luís e Alexandre Luís (UBI), «A imagem de Portugal promovida pela instrumentalização salazarista do luso-tropicalismo»

15.50h – Marcelo Carvalho (UFRJ), «África em transe: propostas glauberianas para a diáspora africana»

16.05h – Silvana Oliveira (UFMG), «Ler o filme, ver o livro: Sobre o lado esquerdo, de Margarida Gil e Carlos de Oliveira»

16.20h – Debate

15.20h-16.40h - Sessões paralelas (Auditório da Biblioteca Central)

15.20h – Tainah Souza (USP), «A Memória recriada e a História provocada em Sans soleil (1982), de Chris Marker»

15.35h – Wagner Moreira (CEFET-MG/Posling), «Sobre o lado esquerdo do peito, o poético em ação»

15.50h – Maria do Carmo Piçarra (UNL), «Politização do cinema na “terra do sol” (ou uma proposta de genealogia das imagens obliteradas do quotidiano)»

16.05h – Fábio Mário Silva (Univ. de Évora), «Construindo uma identidade angolana: a relação do “Eu” (colonizado) com o “Outro” (colonizador) na poética de António Jacinto»

16.20h – Debate

16.40h – Pausa para café

17.00h – Alberto da Silva (Univ. de Rennes), «Política, poder e gênero nos filmes realizados pelas mulheres dos anos da ditadura brasileira»

17.30h – António dos Santos Pereira (UBI), «Saramago e o Brasil»

18.00h – Debate

18.30h – Inauguração da Exposição coletiva de Renato Rodyner (Brasil) e de Manuela Jardim (Guiné-Bissau) no Museu de Lanifícios (Real Fábrica da Veiga)

19.30h – Jantar

21.00h – Noite de Cinema (Anfiteatro da Parada)
Projeção da longa-metragem A Costa dos Murmúrios (2004), de Margarida Cardoso, com a presença da cineasta e apresentação de Ana Catarina Pereira

 

25 de outubro

(Anfiteatro da Parada)

10.00h – Paulina Chiziane (Moçambique), «O feminino na literatura de Paulina Chiziane»

10.30h – José Eduardo Agualusa (Angola), «Criação literária no universo da língua portuguesa»

11.00h – Debate

11.20h – Pausa para café

11.30h – Elcio Lucas (UE de Montes Claros), «Uma contraposição ao luso-tropicalismo em Ferreira de Castro»

11.45h – Lucas Costa (UFJF), «“Matando-o talvez eu renascesse”: uma leitura d’O vendedor de passados»

12.00h – María de Jesús Fernández (Univ. Extremadura), «Ditadores de aquém e além: António de Oliveira Salazar e Getúlio Vargas, personagens de ficção nas narrativas portuguesa e brasileira»

12.15h – Maria de Lurdes Sampaio (FLUP), «Rostos e sombras de mulheres nas estórias de Mia Couto» (Anfiteatro da Parada)

12.30h – Debate

13.00h – Almoço

15.00h – Isabel Mateus (Univ. Minho), «Brincos de cerejas e pitangas: “retornados” e representação do outro em O retorno, de Dulce Maria Cardoso» (Anfiteatro da Parada)

15.15h – Maria de Fátima Outeirinho (FLUP), «A imagem literária do “Outro” lusófono» (Anfiteatro da Parada)

15.30h – Kelly Marques e Geruza Almeida (PUC-SP), «A emancipação do Eu: ética e justiça na morte do Outro»

15.45h – Giulia Spinuzza (FLUL), «A lição das palavras: a poesia de Eduardo White»

16.00h - Maria Amélia Assis Alves Crivelente (UFMT), «Os Benguelas no tráfico e nos casamentos de escravos na fronteira oeste da colônia portuguesa do Brasil - séculos XVIII e XIX»

16.15h – Debate

16.45h – Pausa para café

17.00h – Lançamento dos livros: Portugal-África: mitos e realidades vivenciais e artísticas, coord. de Cristina Vieira, Alexandre Luís, Domingos Zau, Henrique Manso e Sofia Luís; A questão da raça e da diferença. Um olhar sobre outros olhares, de Marlene Hernandez Leites; e Domingos, Angola e Joaquina, Mina. Identidades africanas nos casamentos de escravos, de Mª. Amélia Crivelente.

17.30h – Palestra de encerramento: Manuel da Silva Ramos (Portugal), «Reflexões à volta do romance Viagem com Branco no Bolso»

18.00h – Debate

18.30h – Sessão de encerramento